Don Los Cerros Boutique Hotel & Spa - El Chaltén, Santa Cruz, 9301, Argentina

Paraíso selvagem, preservado e natural…
Dentro da área da reserva do Parque Nacional Los Glaciares. No encontro do Rio de las Vueltas e do Rio Fitz Roy.

Ao pé do cordão montanhoso andino.
Entre rios, lagos e geleiras.
Emoldurado pelos picos graníticos dos Cerros Fitz Roy e Torre.
Entre estas paisagens se encontra o El Chaltén

"Na assombrosa paisagem patagônica, onde se combina a magia das cores das geleiras, lagoas, lagos e montanhas com a magnética presença dos picos Torre e Fitz Roy, se encontra o Hotel Los Cerros"
Localizado no Departamento Lago Argentino, margem norte do Lago Viedma, no encontro dos rios De Las Vueltas e Fitz Roy, na área da Reserva Nacional Zona Viedma do Parque Nacional Los Glaciares. A aldeia de El Chaltén foi fundada na Reserva Zona Viedma por razões essencialmente geopolíticas. Cem hectares da reserva foram desafetados para esse fim, deixando a aldeia totalmente incorporada dentro da área protegida, limitando ao sul com o Rio Fitz Roy e ao leste pelo Rio de las Vueltas.
A Geleira Viedma, dentro do parque, é a mais grande do país, antigamente se acreditava que era a geleira Upsala, mas os últimos estudos indicam que a Viedma é maior, com 978 km². Não é tão conhecida como a geleira Moreno, por estar mais afastada, porém hoje em dia se realiza visitas em barco e caminhadas a partir do El Chaltén. Ela tem linhas escuras em sua superfície, que são faixas de cinza vulcânica misturadas com o gelo. É uma geleira que tem sofrido retrocessos, ainda que não tão importantes quanto outras.
O nome "Chaltén" surgiu a partir de seus antigos habitantes, os tehuelches, que chamavam Chaltén - "Montanha Azul" ou "Montanha Esfumaçada" - ao famoso Cerro Fitz Roy, cuja silhueta inconfundível e imponente, que se encontra quase sempre coberta por uma nuvem, foi confundida com fumaça. Este Cerro de 3.405 metros, junto com os 3.128 metros do Cerro Torre são duas das montanhas mais difíceis de escalar do mundo.
As expedições que se organizam hoje em dia ao Campo de Gelo, se desenvolvem principalmente na superfície da Geleira Viedma, e são recorridas do início ao fim no lago homônimo.
A grandeza natural que a rodeia dá vida a esta jovem aldeia, baseando seu crescimento nas atividades turísticas que se desenvolve no Parque.